Brasileirão Série A

Grêmio mantém escrita, vence o Figueira e segue busca ao Corinthians

9/03/2015 10:59:00 PMReginaldo Júnior

Tricolor gaúcho não perde no Orlando Scarpelli desde 2007 e faz 2 a 0 na noite desta quinta-feira; técnico René Simões perde primeira partida à frente do time catarinense




Jogar no estádio Orlando Scarpelli tem feito bem ao Grêmio. Desde 2007, a equipe não perde para o Figueirense como visitante e, na noite desta quinta-feira, manteve a escrita positiva. Com gols de Bobô e Pedro Rocha, os gaúchos venceram por 2 a 0 e acabaram com a invencibilidade do técnico René Simões à frente dos catarinenses.
Com o resultado, o Grêmio segue em terceiro, com 41 pontos, a oito do Corinthians. O Figueirense é o 14º, a três pontos do Avaí, primeiro time do Z-4. Na próxima rodada, o Furacão encara o Cruzeiro, em Minas Gerais, na partida das 11h de domingo. O Tricolor joga em casa, no mesmo dia, mas às 16h, diante do Goiás.

Bobô gol Figueirense x Grêmio (Foto: EDUARDO VALENTE - Agência Estado)Bobô marcou o primeiro gol no triunfo (Foto: EDUARDO VALENTE - Agência Estado)

O jogo

Logo aos seis minutos, o Grêmio fez questão de mostrar que a caça ao Corinthians era levada a sério. Bobô, de peixinho, marcou seu primeiro pela equipe gaúcha. Antes, no entanto, as equipes haviam criado oportunidades e assim foi a etapa inicial. Atrás do placar, o Figueirense passou a ter a bola, enquanto o Tricolor aguardava os contra-ataques. Tiago, substituto de Marcelo Grohe, convocado para seleção brasileira, impediu o empate nas boas chances do dono da casa. Do outro lado, a pontaria de Bobô no gol não se repetiu em outra oportunidade, e o placar foi mantido.

Na volta para o intervalo, René Simões tirou Paulo Roberto e colocou João Vitor para ter outro organizador no meio. O Grêmio tentava diminuir os espaços e evitar repetir os riscos do primeiro tempo. Mesmo assim, as chances apareceram, mas nem Rafael Bastos e nem Marcão conseguiram empurrar para as redes. Os erros dos visitantes não voltaram a se repetir e, mesmo com maior posse de bola, o Figueirense pouco produziu. No contragolpe, Pedro Rocha ainda fez o segundo e definiu a vitória para a alegria dos tricolores presentes no estádio, que gritaram "olé".

Fonte: Globo Esporte


You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.