Brasileirão Série A

Atlético-MG domina, marca dois gols no primeiro tempo e afunda o Avaí

9/09/2015 11:11:00 PMReginaldo Júnior

Com gols de Luan e Leonardo Silva, Galo derrota adversário catarinense e segue na perseguição ao Corinthians; Leão permanece no Z-4 do Campeonato Brasileiro




O Atlético-MG precisou de apenas 45 minutos para fazer o placar necessário e vencer o Avaí por 2 a 0, na noite dessa quarta-feira, no Independência, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro. Como os gols de Luan e Leonardo Silva foram na primeira etapa, o time alvinegro pode diminuir o ritmo no segundo tempo e se poupar para a próxima partida, contra o Cruzeiro, no Mineirão.

A vitória deixou o Galo com 48 pontos, dois a menos que o Corinthians, que ainda joga na rodada. O Avaí parou nos 23 e segue na zona de rebaixamento, três atrás do Coritiba, o primeiro time fora do Z-4 do Brasileirão.
Os dois times voltam a campo no próximo domingo. O Atlético-MG joga de novo em Belo Horizonte, mas como visitante. É o clássico contra o maior rival, às 16h (de Brasília), no Mineirão. No mesmo dia, o Avaí recebe o Goiás, às 18h30, na Ressacada.

Domínio do início ao fim
O Atlético-MG começou o jogo trocando passes e buscando espaço, enquanto a equipe visitante se fechava para conter o ímpeto inicial alvinegro. A retranca do Avaí resistiu apenas 11 minutos. Foi justamente após trabalhar muito a bola que Giovanni Augusto cruzou rasteiro da direita, e Luan tocou de letra para levantar a torcida do Galo pela primeira vez no Independência.

O gol não fez o Avaí sair em busca do empate, muito porque o Atlético-MG não permitiu. O Galo continuou pressionando na saída de bola e virando muito bem o jogo, ora de Rocha para Patric, ora o contrário. Nesse embalo não demorou muito para o time alvinegro marcar o segundo. Aos 29, Dátolo cobrou escanteio na cabeça de Leonardo Silva, que anotou o 23º gol com a camisa atleticana, se tornando o zagueiro que mais balançou as redes pelo Galo.

Leonardo Silva comemora o gol marcado contra o Avaí (Foto: Rafael Araújo)Zagueiro Leonardo Silva comemora o gol marcado contra o Avaí, no Independência (Foto: Rafael Araújo)
Pressionado pela sequência ruim, Gilson Kleina colocou Juninho na vaga de Everton Silva e deixou o time mais ofensivo. O efeito disso veio com a primeira boa defesa de Victor, que parou chute de Léo Gamalho, logo aos quatro minutos. Depois disso, o Atlético-MG se acertou a passou a administrar a vantagem construída na primeira etapa.

Mais preocupado com o clássico do próximo domingo, já que tinha sete jogadores pendurados, sendo quatro em campo, o Atlético-MG nitidamente tirou o pé. E nem assim a equipe catarinense conseguiu aproveitar para tentar ao menos diminuir a vantagem. Foram pouquíssimas chances criadas, nenhuma clara. Nem a entrada do experiente André Lima deu alento ao ataque do Avaí, que viu o Galo sair com os três pontos e seguir na caçada ao Corinthians.

Fonte: Globo Esporte


You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.