Brasileirão Série A

Grêmio suporta pressão, é mortal nos contragolpes e bate Galo no Mineirão

8/13/2015 11:03:00 PMReginaldo Júnior

Mineiros reclamam de pênalti não dado quando placar estava igual em lance semelhante ao anotado em favor do Corinthians




Atlético-MG x Grêmio (Foto: Douglas Magno)
Jogadores do Grêmio comemoram vitória sobre Atlético-MG, no Mineirão (Foto: Douglas Magno)

O Mineirão recebeu 49.047 torcedores em noite de grande festa, mas quem comemorou no final foi a minoria gremista, e porque não, os corintianos espalhados por todo o Brasil. O Tricolor gaúcho obteve uma vitória maiúscula por 2 a 0, gols de Douglas e Luan, que favoreceram também a equipe paulista, consolidada na liderança do Brasileirão, com 37 pontos. Apelidado de Imortal por seu torcedor, o Grêmio mostrou-se letal nos contragolpes. Em dois deles, com a assinatura de Giuliano, o time chegou ao triunfo que o manteve em terceiro na tabela e na rota do título, agora com 33 pontos.

Com muita posse de bola e pouca criatividade, o Atlético-MG perdeu o jogo e a liderança, caindo para segundo lugar, permanecendo com 36 pontos. Apesar do domínio territorial, Marcelo Grohe trabalhou pouco, ajudado pela trave e pela falta de pontaria do rival. O belo espetáculo, no entanto, não ficou livre de polêmica. Quando o placar ainda era igual, Leonardo Silva tentou arremate dentro da área que acabou interceptado pelo braço aberto do equatoriano Erazo. Muita reclamação por parte de torcedores e jogadores, sobretudo pelo fato de o lance ter sido parecido com o do dia anterior, em favor do Corinthians.

Reclamações e discussões à parte, os dois times voltam a campo para fechar o turno no próximo final de semana. O Galo vai até Chapecó, encarar a Chapecoense às 18h30 (de Brasília). No mesmo dia e horário, o Grêmio recebe o Joinville em Porto Alegre.

O jogo  

Com um Mineirão lotado empurrando o Atlético-MG rumo à retomada da liderança, os jogadores em campo corresponderam desde os primeiros minutos. Num ritmo alucinante e sem deixar o Grêmio respirar, o Galo encurralou o adversário e quase marcou antes dos três minutos em cabeçada de Jemerson.   

O time da casa mantinha a supremacia na posse de bola. Aí veio a polêmica para esquentar ainda mais as discussões sobre arbitragem. Numa tentativa de chute de Léo Silva dentro da área, a bola explodiu no braço de Erazo, que estava aberto. O estádio veio abaixo pedindo a penalidade, assim como os jogadores dentro de campo, num lance que lembra a infração assinalada a favor do Corinthians nessa quarta. Nada foi marcado.  
Nos 15 minutos finais, o Galo passou a errar passes na transição, permitindo um respiro ao Grêmio. Mas ainda faltava o contragolpe perfeito, que saiu aos 40 minutos. O Atlético-MG perdeu a bola na linha de fundo pelo lado esquerdo, num escorregão de Thiago Ribeiro. Galhardo se aproveitou e iniciou a jogada, concluída num lindo passe de Giuliano que deixou Douglas à vontade para sair para o abraço.  

Veio a segunda etapa e o apoio vindo das arquibancadas continuou. Porém, com uma postura irretocável, o Grêmio continuou postado como nos primeiros 45 minutos no aguardo de uma nova chance. Ela veio em novo contragolpe. A defesa alvinegra parou, Giuliano se mandou sozinho. Ele poderia até ter finalizado, mas rolou para Luan ampliar com o gol praticamente vazio aos nove minutos.  

Atordoado, os jogadores do Galo passaram a errar ainda mais no meio, sobretudo Guilherme. Vieram os pedidos por Luan, ele entrou, Dátolo foi deslocado para o meio e o time passou a ter lampejos. O argentino chegou a acertar a trave e perder uma ótima chance para diminuir logo depois. Mas nada disso foi o suficiente para superar o ótimo sistema defensivo gaúcho que teve em Geromel e Erazo peças fundamentais para o triunfo, sem falar em Giuliano, dono de duas assistências.

Atlético-MG; Dátolo; Marcelo Oliveira (Foto: Bruno Cantini/CAM)Atleticano Dátolo pouco mostrou diante do Grêmio do volante Marcelo Oliveira (Foto: Bruno Cantini/CAM)
Fonte: Globo Esporte


You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.