Brasileirão Série A

Pratto decide, Atlético-MG bate Palmeiras e segura disparada do Corinthians

8/23/2015 08:33:00 PMReginaldo Júnior




Denis Dias/Gazeta Press
Lucas Pratto gol Atlético-MG x Palmeiras Campeonato Brasileiro
Lucas Pratto se tornou o vice-artilheiro do Brasileiro e liderou a reação do Atlético-MG
Lucas Pratto. Talvez, o melhor investimento do futebol brasileiro em 2015. Para o atleticano, essa questão não possui qualquer outra resposta. Neste domingo, o argentino deu mais um passo para virar ídolo da ‘Massa'. Com dois gols do camisa 9, o Atlético Mineiro derrotou o Palmeiras por 2 a 1, no Independência, e não permitiu ao Corinthians se desgarrar ainda mais na liderança da Série A.
Com os dois gols anotados pelo argentino, que agora soma nove gols e ocupa isoladamente a vice-liderança na artilharia do Brasileiro, o Atlético-MG chegou aos 39 pontos e sustentou a diferença de quatro pontos sobre o time do Parque São Jorge, que derrotou o Cruzeiro por 3 a 0 na rodada deste domingo.

Em contrapartida aos mineiros, que se recuperaram de duas derrotas consecutivas na Série A, o Palmeiras passa a se questionar. Já são quatro derrotas nos últimos cinco jogos pelo Brasileiro, mas, mesmo com o momento ruim, a equipe de Marcelo Oliveira permanece próxima ao G-4: 31 pontos, apenas dois atrás do Fluminense.

Depois do compromisso deste final de semana, Atlético-MG e Palmeiras retomam o foco para a Copa do Brasil. Na quarta-feira, às 19h30 (de Brasília), o atual campeão do torneio nacional encara o Figueirense, em Santa Catarina, dependendo da vitória - no primeiro confronto, ocorrido no meio da última semana no Horto, os mineiros ficaram apenas no empate por 1 a 1 com os catarinenses.

Já o Palmeiras permanece em Belo Horizonte. Depois de vencer por 2 a 1 na ida, no Allianz Parque, a equipe de Marcelo Oliveira precisa de um empate para eliminar o Cruzeiro e avançar às quartas de final da Copa do Brasil. O duelo ocorrerá também na quarta-feira, às 22h, no Mineirão.

Pênalti polêmico e Pratto inspirado decidem para o Atlético-MG

Thomás Santos/Agif/Gazeta Press
Andrei Girotto Atlético-MG x Palmeiras Campeonato Brasileiro
Andrei Girotto abriu o placar no início
Pressionado pela vitória do Corinthians mais cedo diante do Cruzeiro, o Atlético Mineiro tratou de acuar o Palmeiras durante a primeira etapa. Levir Culpi deu liberdade aos volantes e adiantou a equipe, enquanto o time comandado por Marcelo Oliveira se limitava a defender e mal ficava com a bola.

Diante da pressão dos mineiros, o Palmeiras aproveitou um lance esporádico para calar por alguns instantes o Independência. Logo aos 4min, o lateral-direito Lucas, em um raro avanço ao ataque, cruzou na medida para Andrei Girotto desviar forte, de cabeça, para dentro das redes defendidas por Victor.

O surpreendente gol palmeirense, no entanto, não mudou o comportamento do Atlético Mineiro. A equipe da casa manteve a postura ofensiva e acabou presentada com o empate aos 17min. Leandro Donizete avançou pela ponta direita e cruzou para a área. Oportunista, Lucas Pratto se antecipou a Fernando Prass e tocou de cabeça para o gol.

O empate serviu para incendiar o ambiente no Horto. Envolvente, o time alvinegro controlava o ritmo do jogo - com mais de 60% de posse de bola - e pressionava o Palmeiras, que erra passes e mal conseguia sair do seu campo. O gol da virada era questão de tempo.

A inversão no marcador ocorreu aos 36min. Após lançamento para a área, o árbitro Sandro Meira Ricci acusou o lateral Lucas de empurrar Giovanni Augusto dentro da área. A questionável marcação permitiu a Pratto marcar, de pênalti, o seu nono gol no Campeonato Brasileiro.

A vantagem permitiu ao Atlético-MG retornar mais solto para a segunda etapa. Mantendo a postura agressiva e investindo no ataque pelas laterais, o time da casa começou na base da pressão e acuou novamente o Palmeiras. Logo aos 5min, Luan invadiu a área e bateu pela rede do lado de fora do Palmeiras.
Thomas Santos/Agif/Gazeta Press
Lucas Pratto Atlético-MG x Palmeiras Campeonato Brasileiro
Pratto agora soma nove gols no Brasileiro
Para aliviar a pressão do Atlético-MG, Marcelo Oliveira tirou Egídio e Andrei Girotto, tornando o Palmeiras mais ofensivo. Especialmente com Gabriel Jesus em campo, a equipe melhorou. Logo aos 14min, por exemplo, a revelação da base alviverde descolou bom passe para Alecsandro, que dividiu com Victor e viu Edcarlos salvar quase em cima da linha.

Além de Gabriel Jesus, Marcelo Oliveira também enviou Robinho, mesmo longe das melhores condições físicas, a campo. O meio-campista criou a outra boa chance palmeirense na segunda etapa. Aos 21min, ele cruzou na medida para Barrios, que errou a cabeçada.

O Palmeiras permaneceu mais com a bola, mas a defesa do Atlético-MG conseguiu segurar qualquer tipo de pressão. No fim, por exemplo, Barrios driblou Victor, mas finalizou fraco para sorte do time da casa. Desta forma, os gols de Pratto na primeira etapa decretaram a recuperação do Galo na Série A.

Fonte: ESPN


You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.